Pesquisar:

Manipular o Tamanho da fonte!   

[quarta-feira, 19 de abril de 2017]

ALAGOINHAS: GREVE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

Paralisados desde  terça-feira, 11 de abril 2017, os servidores municipais de Alagoinhas seguem com o movimento grevista. Com isso, postos de saúde, creches, órgãos de fiscalização da prefeitura, além de outras categorias que também aderiram a greve, seguem com o atendimento paralisado ou reduzido ao efetivo de 30%.

Após várias tentativas por parte do sindicato dos funcionários públicos de chegarem a um acordo, a gestão Joaquim Neto ainda se nega a cumprir o que dispõe uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores no ano passado que assegura ao funcionalismo uma recomposição salarial de 7,12%.

O governo municipal, além de não aplicar uma lei, que a priori estaria vigente e deveria ser cumprida, tenta negociar  aumento aos funcionários, concedendo reajuste de 3,5 %, sendo 2% agora em maio e 1,5% em julho. “A prefeitura quer que aceitemos um aumento de 3,5%, quando temos uma lei, que já foi aprovada e nos concede 7,12% de reajuste. Nós não aceitaremos isso”, disse um servidor. 

Na segunda-feira, 17 de abril 2017, em assembleia, os servidores não aceitaram a proposta da prefeitura e decidiram manter a greve. Os servidores querem além da aplicação imediata da lei que assegura a recomposição salarial de 7,12%, a efetivação da Lei dos Ficais e o Plano de Saúde dos servidores. A prefeitura já concordou com as duas últimas exigências, mas se nega a cumprir a lei que concede a recomposição salarial.

Na manhã de terça-feira, 18 de abril 2017, a Prefeitura de Alagoinhas foi pega de surpresa com uma  manifestação dos servidores municipais, foto acima, e diante do grande número de manifestantes, a prefeitura recuou e aceitou negociar mais uma vez com o movimento grevista. A notícia veio através do procurador do município, James Gautero, que conversou com representantes dos sindicatos. Ainda não existe nada de concreto, mas as negociações seguem em andamento.

Do News In Foco
Postagem: Brankinho Mendes

0 Comentários:

Postar um comentário

ATENÇÃO: SEU COMENTÁRIO SÓ SERÁ POSTADO DEPOIS QUE A NOSSA EQUIPE ANALISAR SE VOCÊ SEGUIU AS REGRAS DO SITE

ABAIXO TEMOS AS REGRAS PARA VOCÊ PODER COMENTAR EM NOSSO SITE:

>>>Não serão aceitos comentários que:<<<

-Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai.

-Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

-Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial



.

.

Ele Ficará Gravado em nosso Sistema para Segurança de Comentários e Recados!

.

.








Loading Flash movie...

.



Reformulado por:
FM Comunicação


Idealizador: Nildo é Show
arildoleone.com © 2017

tracker Departamento Comercial:
Arildo Leone: (75) 99114-3459
Copyright © 2007 | 2017
Todos os Direitos Reservados