Pesquisar:

Manipular o Tamanho da fonte!   

[domingo, 30 de junho de 2013]

NUNCA ACONTECEU TANTO MEDO

O Congresso Nacional demonstrou, de forma inequívoca, que não faz porque não quer, que não trabalha porque não é da índole da instituição. Ao sentir a pressão das manifestações, com direção difusa, mas, especialmente em sua direção, o Congresso fez o que parecia inimaginável. Em tempo recorde resolveu pendências que estavam nas duas Casas de há muito, e enfrentou a polêmica dos royalties do pré-sal, atendendo, em parte, ordem que veio do Palácio do Planalto, mas não tanto com pretendia a presidente Dilma: decidiu que 75% dos recursos oriundos do petróleo irão para educação e 25% para a saúde. A presidente queria 100% para a educação. Nem os estados produtores, onde se encontra o petróleo do pré-sal, nem os que nada tinham disseram palavra. Acataram em forma de silêncio total.
O Supremo Tribunal Federal agiu rapidamente e acabou a chicana dos processos protelatórios do deputando Natan Donadon, condenado por peculato e formação de quadrilha. Vai pegar 13 anos de prisão. O STF emitiu mandato de prisão,e ele se entregou nesta sexta, enquanto a Câmara, que após a condenação dos mensalairos, alardeou que o STF não iria se imiscuir nas suas atribuições, nem os parlamentares condenados teriam seus mandatos cassados, silenciou. Não só. Avisou às ruas que o deputado seria preso mesmo dentro da Câmara, pela polícia do legislativo e entregue à Polícia Federal. Menos mal. Abriu-se uma janela para que os demais mensaleiros sejam punidos o mais rápido possível, com prisões, se for o caso, porque o Supremo não aceitará novos recursos para procrastinar a prisão deles. Presume-se. No Senado – e quem diria - o presidente da Casa, senador Renan Calheiros, aprontou rapidamente uma lista própria, pessoal, para apresentar à Casa, de sorte a contentar os manifestantes. E, estranho, votou rapidamente um dos itens, já requerido pela presidente Dilma Rousseff, de transformar os casos de corrupção em crime hediondo. Ora, logo Renan que ocupara a presidência do Senado e dela saiu pelas portas do fundo por estar sob a suspeita de ser um corrupto? Que transformação... Se fosse antes, ele próprio faria como o personagem da novela “O Alienista”, de Machado de Assis, e determinaria, ele próprio, a sua prisão por cometer crime hediondo. Isso significa acentuar que a essência do político não mudou. Calheiros é um exemplo por ele mesmo denunciado. Dança conforme a música.
Os manifestantes ainda estão nas ruas, mas, pouco a pouco, e de forma célere, tal o medo que ronda esta República tropical, os itens constantes das reivindicações pouco a pouco estão sendo acatados. Derrubaram o valor das tarifas dos transportes coletivos, a PEC 37 caiu com 430 votos a nove, um resultado com poucas vezes foi observado na Câmara do Deputados. Dilma prometeu R$50 bilhões (e ainda é pouco) para dotar as principais capitais de transporte coletivo de qualidade, como metrôs, BRTs e vias exclusivas para que a população possa se deslocar com rapidez e conforto nos novos veículos. Ainda não se chegou a uma fórmula sobre a forma de realizar uma ampla reforma política, que há mais de dez anos rola no Congresso sem que os parlamentares nela tocassem, para não comprometer os seus interesses. Não se sabe, ainda, como fazê-la, se por referendo, plebiscito, Projeto de Emenda Constitucional (PEC); quais os itens que serão reformados; como renovar os partidos políticos que hoje são todos farinha do mesmo saco.

Balança a proposta de Dilma Rousseff de trazer do exterior médicos para atender à população em municípios distantes. Isso gerou protestos também dos médicos e enfermeiros, que reclamam da qualidade dos médicos importados. Certamente serão de Cuba, como muitas vezes se tentou trazer, porque na Ilha tem mais médicos do que motoristas. Boa parte está na Áf rica. Um número imenso trabalha na Venezuela, importado por Hugo Chávez. Trabalha-se, de outro modo, em busca de fórmulas para segurar a gastança pública, melhorar a burocracia dos serviços, punindo os funcionários que não atenderem bem às necessidades da população; reduzir funcionários comissionados; enfim, reduzir os gastos. O Brasil trabalha como nunca. No Palácio do Planalto, a presidente Dilma realiza reuniões sobre reuniões; as Casas congressuais têm andado cheias de parlamentares numa semana em que costumam estar às moscas em consequência dos festejos juninos no Nordeste, que acabam por contaminar a preguiça dos parlamentares de outras regiões.
O medo das ruas é total. Os políticos esqueceram-se da soberba e baixaram a cabeça direcionando-a ao trabalho, deixando ao lado as polêmicas cotidianas sobre projetos, com a única intenção de empurrá-lo com a barriga até trancá-lo, ao final, numa gaveta empoeirada. Os Poderes da República, enfim, estão em xeque. Bendito xeque que só poderia  vir das ruas numa explosão de cidadania que chama a atenção do mundo, principalmente porque aqui não se trata de questões ideológicas e, sim, de democracia mesmo.    


*Coluna de Samuel Celestino publicada no jornal A Tarde deste domingo (30).



[sábado, 29 de junho de 2013]

JOVEM DE 16 ANOS É ENCONTRADO MORTO EM CALDAS DE CIPÓ

Uma notícia triste pegou os cipoenses de surpresa nesta tarde de sábado. O jovem Alysson Santos Macedo foi encontrado morto no banheiro de sua residência no bairro Santos Dumont. Ainda não se sabe as causas da morte, segundo familiares o jovem apresentava alguns sinais da virose que estar atacando moradores de cipó e região, mais nada que chegasse a tirar a vida. Alysson era um jovem "Estourado" como ele mesmo dizia, alegre, amante de futebol e amigo de todos. O corpo foi mandado para o IML de Juazeiro para que a perícia técnica descubra a causa da morte. Vá com Deus meu nobre, e um abraço de conforto a todos os seus familiares e amigos.

   

[sexta-feira, 28 de junho de 2013]

SÃO JOÃO DE CIPÓ: Exposição Fotográfica Gonzagão Passou por Aqui!

Entre os dias 22 e 24 de Junho aconteceu a Exposição Fotográfica Gonzagão Passou por Aqui! organizada pela Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer a partir do arquivo de imagens mantido por Gabriela e Eduardo Piñeiro. Foram exibidos na Pérgula fotos das visitas que Luiz Gonzaga fazia a Cipó nos anos 60 quando se hospedava na pensão da bisavó de Gabi, Dona Anita. Um pedaço da nossa história que merece vir à tona!

Anita Matos ou Anita do Cipó nos deixou em 1997, mas permanece viva na memória afetiva de muitos cipoenses, pela sua generosidade e por ter sido a anfitriã que abrigou Luiz Gonzaga em Cipó durante os anos de 1960, se tornando sua amiga.
A partir desse encontro, Dominguinhos, Anastacia, Trio Nordestino e outros tantos artistas passaram a freqüentar a casa de Anita e a movimentar a cultura da cidade. A então chamada “Caldas de Cipó” vivia o auge da sua riqueza arquitetônica e turística, e o seu Grande Hotel em pleno funcionamento foi cenário das apresentações de Gonzaga.
Este acervo fotográfico chegou a mim graças ao afilhado de Luiz Gonzaga, neto de Anita, meu pai, e compositor que admiro: Eduardo Piñeiro.
Compartilho essa história com a mesma intenção do meu pai, ao me confiar os documentos da minha bisavó Anita: Para que esse legado cultural e artístico se propague através das gerações, e todos que se identificarem, possam se apropriar dele como patrimônio imaterial da cidade.

-CLIQUE AQUI E VEJA FOTOS HISTÓRICAS DE GONZAGÃO!

Gabriela Piñeiro – Mantenedora do acervo de Anita Matos.


RESUMO DOS FESTEJOS JUNINOS 2013 EM CIPÓ


ARRAIÁ DOS CRAS's 2013


[quinta-feira, 27 de junho de 2013]

ARRAIA DO SÍTIO 2013


[quarta-feira, 26 de junho de 2013]

AVISO DE FALTA DE ENERGIA EM CALDAS DE CIPÓ

A COELBA INFORMA À POPULAÇÃO DO CIPO QUE IRA REALIZAR UM DESLIGAMENTO PROGRAMADO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA NO DIA, 27/06/2013, DAS 09:00 ÁS 15:00H.
  
SERÃO ATINGIDAS AS SEGUINTES RUAS:
AV. RUY BARBOSA, RUA D PEDRO II, RUA DUQUE DE CAXIAS, RUA SALUSTIANO GUERRA, RUA RUY BARBOSA, PRAÇA JURACY MAGALHÃES, RUA 13 DE MAIO, RUA DO BOSQUE.    

DESLIGAMENTO SERÁ NECESSÁRIO PARA QUE TÉCNICOS DA CONCESSIONÁRIA POSSAM REALIZAR, COM SEGURANÇA, SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E MELHORAMENTO NA REDE ELÉTRICA QUE ATENDE AO MUNICÍPIO.

A EMPRESA AGRADECE A COMPREENSÃO DE SEUS CLIENTES E COLOCA-SE À DISPOSIÇÃO PARA OS ESCLARECIMENTOS NECESSÁRIOS.

 COELBA, SEMPRE AO SEU LADO.



POLÍCIA DE RIBEIRA DO POMBAL PRENDE LADRÕES DE CARRO


Policiais  do Grupo de Emprego Tático Operacional da cidade de Ribeira do Pombal prenderam no início da tarde desta terça-feira dia (25),  dois  homens  suspeitos de  roubarem um veículo  Hilux  de cor prata, placa  policial;   NTO-2460, licença de Salvador, na tarde  da última segunda-feira (24), nas proximidades do povoado de Quixaba do Mandacaru, na zona rural  do  município de Tucano, depois que os mesmos amarraram  o proprietário e a esposa dentro de casa. A prisão da dupla aconteceu por volta das 13h30min na  Rua “F” Zona Sul. 
Segundo informações do radialista Pombalense, Paulo Andrade, os policiais chegaram até  os elementos,  graças às informações passada pela Polícia Militar de Tucano, e  ao sistema de monitoramento (câmeras), instaladas nas principais  saídas e entradas da cidade de Ribeira do Pombal. Além da Hilux, a polícia encontrou em poder  dos bandidos: 2 Violões, uma  Caixa Acústica de som, uma  Mesa de Som utilizada por DJ’S, Vários Litros de Whisky, uma Bolsa com Roupas Masculinas, cachimbo para o consumo de Crack, uma  Pedra de Crack de Aproximadamente 25 Gramas, um  Revólver calibre 38 municiado e uma  Sub-metralhadora calibre 380. Os suspeitos foram identificados como sendo; Gilson Ferreira Santos, 27anos, natural da cidade de Araci, que no momento da prisão estava conduzindo o veículo e José Hilton Silva de Jesus, 21anos, natural da cidade  de Tucano, que estava no banco do carona. Ainda de acordo com o radialista, foi realizado um trabalho conjunto  entre as três esferas  da policia, Militar, Civil e Rodoviária Federal, o que culminou com  o êxito total da  operação. A dupla já foi recambiada para a 25ª Coorpin/ em Euclides da Cunha, que tem  no comando, o Delegado Regional Drº Miguel  Vieira. 

Fonte: http://www.novasoureindependente.blogspot.com.br/ Postagem: Flavinho Leone

[terça-feira, 25 de junho de 2013]

MULHER MATA O MARIDO, CORTA O PÊNIS E DORME COM O CORPO POR 19 DIAS

Um crime com requintes de crueldade foi desvendado por policiais da 58ª DP (Posse): uma mulher matou o marido a facadas, decepou o pênis dele e dormiu ao lado do corpo durante 19 dias. O assassinato aconteceu no bairro Cerâmica, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Luzinete Silva de Paula, de 50 anos, foi presa nesta segunda-feira. Levada para a delegacia, ela chorou, confessou o crime e disse estar arrependida. Alegou que teve uma crise de ciúmes e, por isso, assassinou Antônio Joaquim de Carvalho, de 78 anos, em 28 de maio.

- Achei que ele tinha um caso com outra mulher. Depois, fiquei esse tempo com o corpo porque a minha mente estava bloqueada. Durante esses dias, não comi. Só tomei café e fumei - contou ela.

Os policiais chegaram até Luzinete depois de receberem uma denúncia de vizinhos. Eles sentiram um forte cheiro saindo da residência onde o casal morava. Na cama, eles encontraram o corpo de Antônio, em avançado estado de decomposição. Ao lado, um colchonete onde a acusada dormia. Segundo policiais da 58ª DP, Luzinete passará por avaliação psicológica. Os agentes disseram ainda que ela já foi presa por roubo, furto e uso de drogas.

O Globo


PAULO AFONSO, OLINDINA e RIBEIRA DO AMPARO ADIMPLENTES

Em nossa região é a seguinte a situação dos municípios em relação a pendencias a serem resolvidas com o CAUC, que, caso apresentem pendência, Impede os municípios de receberem recursos de convênios do Governo Federal: 1- Adustina, 03. 2- Antas, 09. 3- Banzaê, 01. 4- Cícero  Dantas, 04. 5- Caldas de Cipó, 04. 6- Coronel João Sá, 10. 7- Euclides da Cunha, 03. 8- Fátima, 02. 9- Glória, 01. 10- Heliópolis, 01. 11- Inhambupe, 05. 12- Jeremoabo, 03. 13- Monte Santo, 01. 14- Nova Soure, 04. 15- Novo Triunfo, 04. 16-Olindina, ZERO. 17- Paripiranga, 03. 18- Paulo Afonso, ZERO. 19- Pedro Alexandre, 10. 20- Quijingue, 04. 21-  Ribeira do Amparo, ZERO. 22- Ribeira do Pombal, 04. 23- Santa Brígida, 01. 24- Sítio do Quinto, 08. 25- Tucano, 09. 26- Itapicuru, 03. 

Por Joilson Costa

[domingo, 23 de junho de 2013]

JUSTIÇA DE OLHO NO TELEXFREE

A 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco julgou procedente uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Acre, e suspendeu os pagamentos e a adesão de novos contratos à empresa de marketing multinível Telexfree até o julgamento final da ação principal, sob pena de multa diária de R$ 500 mil. De acordo com o MPE, os donos da empresa são suspeitos de montar uma pirâmide financeira. A decisão foi divulgada no final da tarde desta terça-feira (18). Nesta quarta-feira (19) a promotora de Defesa do Consumidor, Nicole Gonzalez, deu uma entrevista coletiva onde explicou o que levou o MPE a formalizar a denúncia. De acordo com ela, a Telexfree no Brasil estaria fazendo o recrutamento de investidores e criando um esquema de pirâmide sob o disfarce de marketing multinível.
“Existem empresas de marketing multinível já consolidadas no mercado como a Herbalife, Mary Kay e Tupperware. Elas trabalham com esse sistema, no caso da Telexfree o interesse não é vender os produtos, mas recrutar novas pessoas”, explica. Ela acredita que cerca de 70 mil pessoas possuem contratos com a Telexfree no Acre. Nicole diz que o foco da Telexfree no Brasil não é a venda de produtos ou serviços, mas a adesão de novas pessoas para alimentar o sistema de pagamento. Ela argumenta que o suposto produto oferecido pela Telexfree, um software para realização de ligações pela internet, deve ser comprado em kits. “No entanto estamos diante de um software, que no site é só se cadastrar, baixar e pagar para obter. Concluímos que é para mascarar a taxa de adesão”, explica. A promotora diz ainda que os pagamentos feitos pela Telexfree na verdade seriam uma espécie de ‘recompra’ feita pela empresa dos kits. “Se ela recompra significa que não precisa dos divulgadores”, enfatiza.
Decisão afeta todo o país
Nicole diz que a decisão tomada pela juíza Thaís Borges afeta os divulgadores da Telexfree em todo o país ou fora dele. Ela diz que a medida foi tomada para evitar que novas pessoas acabem envolvidas no esquema e possam se prejudicar. Ela diz ainda que foi efetuado um pedido de bloqueio das contas bancárias dos sócios administrativos da Telexfree.
A empresa deverá disponibilizar no prazo de dois dias em sua página, um “pop-up”, informando sobre a decisão judicial, além de modificar seu sistema, de modo a não permitir novos cadastros através dos “back offices“.
A promotora disse que enviou uma cópia da decisão para a Delegacia de Fraudações e Falsificações (Defa) que investiga a empresa no Espírito Santo.
Em relação às outras empresas de marketing multinível que surgiram após a Telexfree, a promotora diz que por enquanto elas não estão sendo investigadas. Nicole disse que agora o MPE tem até 30 dias para ajuizar a ação principal.
Telexfree tenta reverter decisão
A empresa publicou na tarde desta quarta-feira (19) em seu site um vídeo esclarecendo aos clientes e divulgadores que a empresa ainda não foi notificada oficialmente da decisão, mas que está tomando todas as providências para derrubar a liminar da Justiça do Acre.
“A transparência sempre foi e sempre será o fundamento desta empresa. Tomamos conhecimento pela mídia, ainda não fomos comunicados oficialmente da íntegra da decisão. O jurídico está trabalhando para derrubar a liminar,” informa Carlos Costa, diretor de marketing da Telexfree.


[sexta-feira, 21 de junho de 2013]

PREFEITURA DE CIPÓ ADQUIRE UMA AMBULÂNCIA DOBLÔ 0KM

Mais um veículo novinho chegou a Cipó. E este é para reforçar a frota da Saúde. Uma moderna ambulância totalmente equipada numa Doblô 0km já está a serviço da Secretaria de Saúde para atender a população. E também já está a caminho mais dois novos veículos: um Ônibus escolar para reforçar a frota da Secretaria de Educação e uma Patrol para realizar serviços de recuperação de estradas e outras obras importantes para o município.
Ambulância, ônibus escolar e uma patrol são mais conquistas que demonstram claramente o compromisso desse governo em servir cada vez melhor ao povo dessa terra.
 Prefeitura de Cipó, Águas de Um Novo Tempo.
 ASCOM - PMC



PREFEITURA DE CIPÓ ADQUIRE VEÍCULOS NOVOS

 A Prefeitura de Cipó segue trabalhando e mudando tudo na cidade.
Os investimentos são feitos e o nosso povo percebe a diferença.
Novos veículos acabam de ser adquiridos, reforçando a frota municipal com cinco Gols e um VOYAGE, todos zero quilômetro.
São carros novinhos para servir ainda melhor a quem precisa.
É a prefeitura ao seu lado, trabalhando pra valer porque você merece uma cidade cada vez melhor.
Cipó. Águas de Um Novo Tempo.
ASCOM - PMC

[quarta-feira, 19 de junho de 2013]

PROTESTOS EM RIBEIRA DO POMBAL E PAULO AFONSO

Seguindo a onda de protestos que vem acontecendo e se espalhando por todo o Brasil, algumas cidades semi-árido baiano também estarão se mobilizando para realizar suas manifestações, entre elas Ribeira do Pombal e Paulo Afonso.
Em Paulo Afonso, os protestos estão marcados para quinta-feira, 20 de junho,  com a concentração  as 17 horas. A caminhada sai da Praça das Mangueiras e termina na Praça da Tribuna, na Avenida Getúlio Vargas. Em Paulo Afonso, o convite já foi publicado nas redes sociais, onde várias pessoas já confirmaram presença. Por Luiz Brito DRT/BA  3.913.

Segundo convite que está sendo compartilhado nas redes sociais, Ribeira do Pombal também vai participar desta movimentação que vem acontecendo em diversas cidades do Brasil, com concentração programada para acontecer em frente ao CEB, na quinta-feira, 20 de junho, com inicio as 14 horas. Varias pessoas já confirmaram presença. Por Joilson Costa, Rádio Pombal  FM.

[terça-feira, 18 de junho de 2013]

NETA DE GENÉSIO SALES VISITA CIPÓ

No último final de semana tivemos uma visita ilustre em nossa cidade. Quem  visitou a equipe do www.arildoleone.com e a Milenium FM foi Dona Yolanda Sales, neta de Genésio Sales uma das figuras mais importantes no desenvolvimento do nosso município. Dona Yolanda Sales é casada com Jorge Alves e é filha de Nelson Sales, filho de Genésio Sales e padrinho do repórter Arildo Leone. 

Genésio Sales...
Em 1906, o Coronel Genésio Sales, o qual sofria de úlcera estomacal, foi aconselhado por amigo a passar uma temporada no Sertão Arraial da Mãe d’Água de Cipó, para tentar curar-se do seu problema de saúde. Com a cura mandou construir perto da Fonte Termal, um chalé, que mais tarde, foi transformado em Hotel Termal.
Em 1926, Genésio Sales com o fim de chamar a atenção dos poderes públicos para aquelas águas, empreendeu uma arrojada viagem de automóvel de Alagoinhas a Cipó, a primeira que se fazia ao Nordeste do Estado. Não havendo estradas, seguiu o caminho das cavalgadas, em muitos trechos, mandava abrir estradas, alargar as existentes, para que o automóvel pudesse passar. Nos diversos povoados, os tabaréus, desconhecendo a existência de veículos sem tração animal, recebiam-no com grandes manifestações, faziam promessas e colocavam dentro do carro “vinténs” e “ex-votos”, o automóvel que era novo ao iniciar a viagem ficou bastante danificado. A imprensa de todos os estados do nordeste deu grande publicação ao acontecimento; anos depois, o governo do Estado mandou concluir a rodovia Alagoinhas-Cipó.

Em 1928 o chalé foi transformado no primeiro hotel da cidade por Genésio de Seixas Sales Filho, sob a denominação de Hotel Thermal e após receber em concorrência pública a concessão de uso das águas de Cipó, iniciou suas atividades profissionais, montando um serviço de assistência médica, para atender o povo do arraial e adjacências.

Em 19 de março de 1928 foi concedida permissão para a exploração industrial das águas. Nas fontes termais, onde havia quatro banheiros de palha, Genésio Sales construiu um moderno balneário, composto de uma piscina de água quente (na época a única existente no Brasil), um consultório médico, salas de espera e de tratamentos diversos, instalações sanitárias, “buvet” (chafariz para beber água termal) e dezessete banheiros, dos quais um era gratuito destinado aos pobres.

Em 1930, um bando chefiado por Lampião, o rei do cangaço, afastava os banhistas, causando grandes prejuízos, pois as pessoas o temiam, e por conseqüência disso, não apareciam para fazer uso das águas termais. Mais tarde, depois da morte de Lampião, a cidade voltou a atrair turistas, em busca de suas águas medicinais.
A 16 de maio de 1935, Cipó era tornada Estância Hidromineral, a partir de cuja época passou a exibir uma notável movimentação, tendo em vista o vertiginoso afluxo de veranistas.
Após esse acontecimento, o Rádium Hotel, de arquitetura art déco, foi inaugurado em 1938, o qual hospedava turistas de vários países. Anexo a ele havia um cassino, freqüentado principalmente por hóspedes.

Com o grande número de turistas que passaram a visitar a cidade de Cipó, foi construído em 23 de julho de 1952 o Grande Hotel, conhecido como Elefante Branco da Terra, inaugurado pelo Presidente Getúlio Vargas.
Sua estrutura grandiosa atraiu muitos turistas que, além de desfrutar dos jogos e bailes que o Cassino proporcionava na época, usufruíam também das cascatas e piscinas situada no subsolo do Grande Hotel, sem contar o grande parque de diversão para crianças.
Os hotéis estão hoje em sua maioria fechados. Entretanto, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional tem planos de identificar os edifícios da cidade para buscar algum tipo de proteção à rica arquitetura existente na cidade, notadamente no estilo art déco.



“RAID” Ao Cipó Em Automóvel

Segue abaixo narrativa contida no "Guia Termal e Cipó" do General José de F. Lobo sobre essa Viagem, garanto que é uma excelente história:    

O título a primeira vista pode parecer estranho à maioria, mas justifica-se pela aventura, empreendimento, engajamento, disposição e outras inúmeras qualidades que podem ser agregadas ao Cirurgião baiano DR. Genésio Salles em sua primeira viagem de automóvel a Cipó em 1926, abaixo irei transcrever toda a narrativa contida no “Guia Termal do Cipó” do General José de F. Lobo sobre essa Viagem, garanto que é uma excelente história:    
... Aos 13 de Julho de 1926 o “Diário de Notícias” da Bahia divulgava a tentativa dos bandeirantes do Cipó de realizarem a primeira viagem em automóvel, partindo da cidade de Cajueiro(acredito que era o antigo nome de Alagoinhas) como o fizeram em carro de boi.
Mais uma vez o ilustrado cirurgião baiano Dr. Genésio Salles em companhia do Sr. Francisco Ribeiro Pacheco, proprietário da Garage Elite e dois garimpeiros contratados, num gesto de desprendimento e numa batalha decisiva, resolvem demonstrar aos poderes públicos que se podia construir uma rodovia até Cipó, aproveitando, em grande parte, aquela que a natureza oferecia.
Decisão tomada, disposição  de  espírito  e corpo alicerçadas na convicção da vitória do  “Raid”, servem-se  de  um  “Cleveland”  de 45.H.P.  e  transportam-no,  por via férrea,  para o  cajueiro, ponto de partida da nova e arrojada  excursão.
O arraial do Cipó situado entre dezoito léguas de Cajueiro e vinte de Barracão, ambos à margem da Estrada de Ferro Leste Brasileiro, começa a viver os seus primeiros dias de esperança e de futuro pela persistência ininterrupta de um só Homem: Genésio Salles. Para ele não há obstáculos, nem mesmo o tempo, apenas um firme propósito o anima em provar que a natureza deu a estrada e exige do homem que a aperfeiçoe, para o uso dos homens e gozo das águas, cujas virtudes medicinais e curativas toda a zona exaltava e a fama se propagava.
Partindo de Cajueiro a 14 de Julho para Villa Rica, Boa Vista, Mucambo (acredito que era o antigo nome de Olindina), Payayá e Soure, no dia imediato atingia Cipó. Não foi sem tormentos que venceu com seus companheiros tão longa travessia sob o fogo intensíssimo das areias escaldantes e, por vezes, a lama dos invernos do sertão. Também não faltaram as apostas vultosas de tabaréus e outros de que o ousado excursionista não lograria êxito. A prova era tão convincente, que as primeiras nove léguas o bravo “Cleveland” correu a 80 km/h. Era o sinal da odisséia... e a caatinga virgem foi a derivante de que serviram os viajantes, tendo como bússola as árvores de maior porte, para se livrarem dos tocos, barrancos, sulcos profundos e outros obstáculos que entravam o percurso das nove léguas restantes.
Entre a agressão dos vegetais cobertos de espinhos, a lombada dos barrancos mais altos, muitas vezes sentiram os viajantes que o bravo “Cleveland”, como se fora um árdego esquipador da zona, empinava-se todo como se pretendesse saltar ou atirar longe seus ocupantes, procurando vencer a rudeza da primitiva estrada. Em luta constante com a natureza bruta, estava a máquina de tão complexa e delicada concepção mecânica. Mas a “estrada inimiga”, como a chamou o próprio Dr. Genésio Salles, que os forçara a entrar na caatinga, foi corajosamente enfrentada em seu matagal cerrado.
Finalmente, sob mil e um tropeços e perigos, viram os tabaréus, entre atônitos e pálidos, um automóvel em sua região a causar-lhes tanto pavor... Mas uma légua antes de Mucambo, a viagem começa a enfrentar peripécias inesperadas da rude estrada natural; entretanto conseguem chegar a Payayá, onde pernoitam com as mãos calosas e o corpo estafado do árduo trabalho de deslocamento e remoção de tudo quanto entravava a marcha do mais valente dos companheiros: o “Cleveland”. Não obstante o povo da zona profetizam que do Payayá a Soure os viajantes não venceriam a estrada, com o concurso dos moradores, que receberam os excursionistas com excepcionais homenagens e sob as melodias da filarmônica local, bombas e foguetes, o percurso foi realizado com os obstáculos anteriores e já citados. Convém destacar aqui a ruidosa homenagem prestada ao Dr. Genésio Salles em Soure, que tanto contraste oferecia com a tristeza que dominava a cidade àquela época. E o “Cleveland”, pela primeira vez, adornou-se de folhagens e de flores do sertão, como se fora um príncipe sob carícias da Corte.
Daí a marcha vitoriosa para Cipó em seu longo trecho arenoso. Muitos habitantes da zona receavam o insucesso da viagem, por isso alguns os acompanharam a cavalo como vigilantes e prontos a socorrê-los. A não ser por duas vezes, foi necessário o auxílio destes espontâneos companheiros. O “Cleveland” não respeitou o areal, que tanto atemorizava naquela época construtores de estradas e viajantes. Trepidando e retorcendo-se sob a pressão do motor em velocidade cumpria o “Cleveland” galhardamente a missão, chegando ao Cipó sob as mais empolgantes demonstrações de apreço, alegria de sua população, o estourar dos foguetes e as melodias da infalível filarmônica. Banhistas e povo associam-se e prestam expressiva homenagem aos excursionistas num banquete de cinqüenta e cinco talheres, além de muitas outras residências particulares, prolongando as festividades e as provas de carinho ao seu grande benfeitor e desbravador, o Dr. Genésio Salles.
Para que se perpetuasse o grande feito, ofereceram uma placa de mármore comemorativa do 1º “raid” de automóvel ao Cipó. E os atoleiros, e as areias, e os tocos, e a estreiteza da estrada, a caatinga, foram vencidas para implantar em Cipó, uma nova Civilização através do destemor de quatro homens que se internaram na mata confiantes no automóvel e disposição de ânimo inquebrantável. E, como bem diz Genésio Salles: “ a pericia e a coragem dos viajentes foram postas a serviço da Civilização”. E para que se não diga haver exagero nesta narrativa, poderão os leitores consultar nas bibliotecas ou nos arquivos das Redações da imprensa o que disseram naquela época, pois citamos neste trabalho a data inicial da excursão, sendo o jornal “A Tarde” de 27 de julho de 1926 um ponto de partida, a fim de que sintam as emoções que dominaram o público baiano ante o audacioso empreendimento.
A posição do automóvel, na fotografia que ilustra a reportagem a que aludimos é um flagrante que indica os riscos por que passaram os seus passageiros, e o quanto souberam suportar, resignadamente.
E foi assim que se traçou a moderna rodovia que hoje serve ao Cipó, Paulo Afonso e Municípios intermediários. Seria demasiado neste trabalho enumerar ou rememorar todos os detalhes ou obstáculos vencidos para realização dessa primeira viagem em automóvel ao Cipó, todavia a imprense de Salvador e outros Estados registraram-na com especial carinho em extensos noticiários, celebrando, também, o primeiro “raid” em automóvel como o fizeram com a primeira viagem em carro de boi.
De regresso, os excursionistas mudam de rumo...
Genésio Salles, os seus companheiros e o valente “Cleveland” não se deram por vencidos para alcançarem Cipó. Novamente irmanados, indomáveis, tornam a desafiar a selva agressiva e o chão traiçoeiro da região. Eram homens destemidos, fortes, a dominarem a fortaleza sertaneja dos tabuleiros. Sem desânimos, investem para a Capital na manhã de 12 de Agosto de 1926, embarcados no fiel e valoroso “Clevaland”.
O itinerário foi: Cipó – Nova Soure – Manga – Serrinha.
Rumando para Tanque e daí para Manga, lugar sem água e sem habitantes, foram dez léguas por tabuleiro de areia. Patinando o “Cleveland”, por vezes empurrado (Ver “A tarde” de 26-8-1926), foi com doze garrafas d’águas “Salutaris” que o autmóvel venceu quatro léguas, devido a um acidente provocado por um toco, que lhe abrira a torneira do radiador naquelas paragens sem água. É possível que outro motor ou automóvel já tenha bebido água mineral, mas do nosso conhecimento este é o primeiro. A seguir perde-se o bujão do tanque de óleo e um capuco de milho substitui tão importante peça. Por outro lado, o óleo de rícino substitui o óleo derramado! Mais adiante, arromba-se o tanque de gasolina, porém o massapé encarrega-se de obstruí-lo...
Agosto é o mês das chuvas no sertão; estas impedem a viagem e obrigam a uma estada de cinco dias na Fazenda do Sr. Antonio Freitas, para poderem vencer as quatro léguas restantes até Serrinha porque a estrada de massapé e lama atolam os próprios animais até o ventre. Essa travessia é de todas a mais trágica, tais as peripécias narradas no jornal aludido. Cerca de 50 garimpeiros, armados de cordas pás, enxadas e tábuas acompanhavam o automóvel, prestando os melhores serviços. E o resumo dessa memorável tentativa foi quase o aniquilamento do melhor companheiro da jornada: - o “Cleveland”.
Desta experiência evidenciou-se a praticabilidade da construção da rodovia que hoje serve ao Cipó em majestoso traçado e moderna pavimentação com extensas e lindas retas e bem traçadas curvas.                                                                                                                                   
Esforço e abnegação constituem o merecimento de Genésio Salles, provando à sociedade que a estrada já existia, pelo que lançou-se à sua exploração, e a sua própria custa, a fim de convencer o Governo da Bahia da sua necessidade e fácil construção. Desta iniciativa corajosa e desinteressada atingiu Cipó ao clima de progresso que hoje assistimos, e conquistou o título – Estância Hidro-mineral. E a ninguém mais deve Cipó o seu progresso do que ao emérito cirurgião e clinico Dr. Genésio Salles, porque só a sua persistência deixou de ser a esquecida vila das águas virtuosas.
Foi, portanto, ele quem fez a construção da primeira estrada de rodagem numa extensão de 114 km, e uma ponte sobre o rio Inhambupe, de quase 70 metros, auxiliado por dois fazendeiros, além de ter sido o primeiro a organizar a primeira empresa de transporte, constituída de quatro automóveis “Chevrolets” para passageiros e dois caminhões de carga. Denominou-se “Empresa Rodoviária”, que ficou pertencendo a ele e o tráfego assegurado entre Alagoinhas e Cipó, em 4 horas e 45 minutos de viagem.
Este benefício era a tentativa do quinto concessionário das águas do Cipó e somente ele conseguiu transformar a região de belas matas, habitantes amáveis e opilados, em um centro de saudável repouso e progressista. Em 1927, surge em Cipó o seu primeiro hotel o Hotel Termal, e logo depois o Radium Hotel, ambos propriedades do infatigável amigo da região e clinico caridoso. Não é possível que o povo de Cipó esqueça em qualquer tempo o seu maior benfeitor, o homem que tanto deu do seu coração e da sua ciência à sua população. E Cipó durante longos anos só contou com um empreendedor: Genésio Salles, cujos haveres e proficiência médica deu por inteiro, devotamente, ao progresso de Cipó.
E o Cipó de hoje outra coisa não é senão o retrato fiel de Genésio Salles, o seu desbravador e pioneiro indormido. E, assim, repousa à margem direita do rio Itapicuru a rainha dos milagres do sertão, abraçada pela imensidão dos tabuleiros que a circundam e apertam-na no infinito de um panorama cinzento, que se descortina ao descer a estrada em ladeira íngreme que conduz ao tesouro líquido.
E as baraúnas e aroeiras saúdam alegres o viajante ao tempo em que uma suave brisa se espalha em leve movimento pelo espaço, e a limpidez dos céus ilumina as clareiras silenciosas em que se distendem...
O que é certo, porém, é que a fama das águas do Cipó ainda desafiará a ciência e os homens por longos anos, porque a fonte é exclusivamente medicinal e não utilitária, comercial.
Três frondosos e majestosos tamarindeiros, possivelmente mais que seculares, dois pés de cajaranas, umas dez casas, eram o traço característicos que embelezava o antigo arraial do Cipó, além do velho e indefectível barracão da feira. E o sinal cristão adornava-lhe, também: uma capelinha abandonada...
E ai está um resumo do Cipó antigo. Hoje, Cipó é uma grande cidade.

Por General José de F. Lobo


Fonte: http://cipoparaisotermal.blogspot.com/   (amigo Lauro) Postagem: Flavinho Leone

[segunda-feira, 17 de junho de 2013]

JOSÉ CASTRO COMENTA ADMINISTRAÇÃO DE CALDAS DE CIPÓ

PROBLEMÁTICA & SOLUCIONÁTICA
Nos quinze dias que passei em Cipó, entre uma conversa e outra com amigos e conhecidos, observei que o atual governo é igual ao escrete do Felipão: muita gente torce por ele, mas falta emoção.
Pela copa das confederações, Neymar e companhia entraram em campo contra o Japão. Venceram por 3x0 e sonham agora em fazer as pazes com a torcida.
Já o nosso gestor entrou em campo oficialmente em janeiro, mas desde outubro já costurava seu time, escalando gente de todo lado para formar um governo com as melhores “cabeças”. Com a bola rolando, problema. Como Joel Santana já ensinava, o mundo moderno é assim, muda numa rapidez muito rápida.
Algumas cabeças foram bem, outras, nem tanto. Falta ao governo o que Felipão busca: harmonia. Mestre Didi jogava bola com a mesma naturalidade com que chupava laranja. O time de Romildo sabe a tática?
Usando a sabedoria do histórico Neném Prancha, no governo todo mundo corre, mas ninguém sabe para onde.
Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos, dizia Nelson Rodrigues. Mas se faz com foco definido.
Em um governo, todo dia é dia de decisão. E como pregava o goleador Jardel, clássico é clássico e vice-versa.
Assim, observa-se claramente a necessidade de revisão na lei de zoneamento, incluindo no atual ou futuro projeto medidas que venham contemplar quem realmente precisa sem onerar mais ainda aqueles que pagam tributos sem receber quase nada em troca.
Pior do que isso ocorre nas cartas de cobranças de dívidas ativas no período de cinco anos, algo não cobrado em outras gestões. Nesse caso, talvez, uma renúncia fiscal ou um projeto de anistia, incluindo levantamento geral dos imóveis para propor isenção de I P T U em construções inferior a 70m² para quem percebe até um salário mínimo regional.
A decisão de cobrar agora o que nunca foi exigido me faz lembrar a histórica explicação do centroavante Nunes – “Faz que foi, não foi e acabou fondo”.
O Rei Dadá Maravilha dizia: não me venha com problemática que eu tenho a solucionática.
O governo não tem seis meses, suas bases estão sendo lançadas. Mas Vicente Mateus já dizia: quem entra na chuva é para se queimar. Para Wanderlei Luxemburgo, toda falha individual é coletiva. Se técnico bom é aquele que não atrapalha, segundo Romário, treinador bom muda o jogo em andamento. E o difícil, como todo mundo sabe, não é fácil.
Percebe-se que o gestor está apostando tudo na publicidade, mídia com apoio da Rádio Milênio. Quem sabe a imagem do governo melhore e acabe empolgando o cidadão? Mas, sem um bom produto, vender o que?
Quem joga sabe, o jogador tem que ir pra bola como quem vai num prato de comida. Com fome. Sem isso, fala Galvão Bueno, está mais ou menos tudo errado.
É isso que está faltando ao governo: fome, tesão. Não fome pelo poder, mas por fazer a diferença. E – como bem ensinou Roberto Freire, que não foi jogador ou técnico de futebol, mas sempre bateu um bolão – sem excitação não há solução!!!
Apesar do descrédito por parte de alguns, sou otimista e continuarei acreditando numa virada por parte daquele que elegemos para Administrar nossa Caldas de Cipó.
A todos um grande abraço!!
 José Castro

 17/06/2013

THERMA FORRÓ 2013 - GONZAGÃO PASSOU POR AQUI! (ATRAÇÕES CONFIRMADAS)

THERMA FORRÓ 2013 - GONZAGÃO PASSOU POR AQUI!


CIPÓ-BA
LOCAL: PRAÇA DO FORRÓ (JURACY MAGALHÃES)
------
DIA 22/06/13 - SÁBADO (ABERTURA)

TARDE:
15:00: BLOCO OS BROTHERS COM CAPIM CANELA

NOITE:
À PARTIR DAS 19:00
-APRESENTAÇÃO DE NILDO É SHOW COM CONCURSO DE QUADRILHAS
-ENOQUE DO ACORDEON, MENINA FORROZEIRA, REGIONAIS DO FORRÓ, CORAÇÃO ALADO E FORRÓ DO PONTO.

DIA 23/06/13 - DOMINGO

TARDE:
15:00: BLOCO LICOR E AMOR COM FORRÓ NA GENTE;

NOITE:
À PARTIR DAS 22:00
-EDU E MARAIAL, BANDO VIRADO NUM MOIO DE COENTRO, FORRÓ DOS BALAS, SUTIÃ RENDADO E ALMA GÊMEA.

DIA 24/06/13 - SEGUNDA

TARDE:
15:00 CAVALGADA, CASAMENTO CAIPIRA E PASSEIO DE CARROÇA COM PICA-PAU FORROZEIRO.

NOITE:
À PARTIR DAS 21:00
-TIO BARNABÉ, QUININHO DE VALENTE, FORRÓ SAFADO, NILDO É SHOW, GIBÃO DE COURO E DESEJO DE MULHER.

FORRÓ NOS BAIRROS:

DIA 19
19:30 - ARRAIÁ DO GALO (RUA DO GALO)
-APRESENTAÇÃO DE QUADRILHAS E SHOWS MUSICAIS;

DIA 20
19:30 - ARRAIÁ DO BAIRRO VITÓRIA;

DIA 21
19:30 - ARRAIÁ FOGO NA SAIA (BAIRRO DA LIBERDADE)
-APRESENTAÇÃO DE QUADRILHAS E SHOWS MUSICAIS;

DIA 28 
19:30 - ARRAIÁ DA RUA JOÃO PESSOA (APRESENTAÇÃO DE QUADRILHAS E SHOWS MUSICAIS)

REALIZAÇÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CIPÓ, ÁGUAS DE UM NOVO TEMPO
ORGANIZAÇÃO: SECRETARIA DE TURISMO, CULTURA, ESPORTE E LAZER
"NOSSA MAIOR RIQUEZA É A TRADIÇÃO"
PATROCÍNIO: PETROBRAS 60 ANOS
BRASIL. PAÍS RICO É PAIS SEM POBREZA.

*GRADE SUJEITA A ALTERAÇÃO.

FONTE: www.cipo.ba.gov.br / www.facebook.com/prefeituradecipo

CONCURSO EM CÍCERO DANTAS

O CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL DE CÍCERO DANTAS – ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto no art. 37 da Constituição Federal, na Lei Orgânica Municipal, nas Leis Municipais nº 63/2008, 64/2008, 65/2008, 66/2008, 129/2011, 130/2011, 151/2013, e nas demais leis que regem a espécie, em cumprimento às normas estabelecidas pelo Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, bem como as normas contidas neste Edital, TORNA PÚBLICO, que estarão abertas as inscrições do CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O PROVIMENTO DE CARGOS do quadro efetivo da Prefeitura Municipal de Cícero Dantas, Estado da Bahia, além das que surgirem durante o prazo de validade do certame. O Concurso Público será regido por este Edital e pelos princípios gerais do Direito que regem a matéria. O concurso público será planejado e executado pela SEPROD - SERVIÇO DE PROCESSAMENTO DE DADOS. Para mais informações acesse o Edital: 

EDITAL CONCURSO DE CÍCERO DANTAS



[sábado, 15 de junho de 2013]

SELEÇÃO DE CALDAS DE CIPÓ NO INTERMUNICIPAL

Fotos do começo dos trabalhos da seleção municipal de Caldas de Cipó, que estará participando do campeonato Intermunicipal de Futebol, que tem como técnico Moisés ex jogador do Vasco da Gama, que já ficou em 4º lugar no Intermunicpal treinando a equipe de Crisópolis. 




 

 






SÃO JOÃO DO RASPADOR

São João de Raspador 2013!!!

  São João do Povoado Raspador, no Município de Ribeira do Amparo aconteceu dia 08 de junho.
A abertura do evento ocorreu as 05:00 h da manhã  com uma grande alvorada ao som da banda Bonde do Suing, encerrando as 08:00 da manhã. O grandioso arraiá recebeu o nome de “ Arraiá do Maurição” em homenagem ao ex- prefeito  do Município de Ribeira do Amparo  Mauricio Batista Freire, tendo uma linda ornamentação. A Festa teve a animação das bandas locai, tais como: Picapau Forrozeiro, Bonde do Suinga e os Piratas. Tendo como atração principal a Banda Forro dos Balas, que botou o arraia do Maurição para sacudir e o povo para forrozar. Contou com o apoio da Polícia Militar  que garantiu a segurança da festa. Recebemos públicos de várias cidades que estiveram presentes no evento. O Deputado Estadual Carlos Ubaldino. Dr. Junior Lopes, vereador Roni de Ribeira do Pombal. Marção esposo da ex-prefeita de Banzaê Jhailma Dantas, Marcello Britto, ex-prefeito de Ribeira do Amparo e sua esposa Tetiana Brito, prefeita atual. Tivemos o momento em que as filha e os netos do homenageado agradeceram e expressaram sua gratidão pela homenagem. O Arriá do Maurição recebeu um público de cerca de 6 mil pessoas e a festa foi até o raiá do dia.

CLICK NO LINK ABAIXO E VEJA TODAS AS FOTOS





 Fonte: ASCOM - Ribeira do Amparo - Fotos Cristiano Anunciação 

FESTA DE SANTA RITA EM RIBEIRA DO AMPARO

      Festa de Santa Rita 2013 !!!














A Festa de Santa Rita, comemorando a Padroeira do Povoado de Boa Hora no Município de Ribeira Amparo, essa comemoração acontece todos os anos dia 22 de maio, contamos com um grandioso evento. O Povoado  de Boa Hora contou com uma grande organização: iluminação, limpeza, pintura e ornamentação. A animação ficou por conta das bandas locais, tais como: Mip Raça e Bonde do Suing. Tendo também como atração a banda sertaneja “ Seu Maxixe” de grande renome nacional.
Aproximadamente, o evento recebeu cerca de 4 mil pessoas, com uma grande animação. Na parte religiosa do evento, houve na programação: missa, batizados  e o encerramento com a procissão  em homenagem a Santa Rita. 
   
                                 CLICK NO LINK E VEJA TODAS AS FOTOS 


 Fonte: ASCOM - Ribeira do Amparo - Cristiano Anunciação

[sexta-feira, 14 de junho de 2013]

PREFEITO DE ANTAS VOLTA COM LIMINAR

A coligação “É nois de Novo” representado por Wanderley dos Santos Santana e Samuel Felix Nilo conseguiram uma liminar no fim da tarde de ontem (13), suspendendo os embargos de declaração opostos, proferidos pelo TRE (BA), que concluíram pela cassação dos diplomas dos candidato eleitos no último pleito de outubro para os cargos majoritários em Antas-BA.

Decisão...

Cuida-se de ação cautelar, com pedido liminar, ajuizada pela COLIGAÇÃO É NOIS DE NOVO, WANDERLEI DOS SANTOS SANTANA e SAMUEL FÉLIX DE NILO, objetivando conferir efeito suspensivo a recurso, interposto nos autos da ação de impugnação de mandato eletivo n.º 32.2013.6.05.0182, contra sentença proferida pelo Juiz Eleitoral da 82ª Zona, que lhes cassou os mandatos, declarando-lhes, ainda, inelegível pelo prazo de 8 anos, e determinou ao Presidente da Câmara Municipal para que dê posse ao novo Chefe do Executivo.
Os requerentes afirmam que o ato contra o qual se operou a insurgência em grau de recurso padece de vício, porquanto desprovido de suporte jurídico processual que lhe empreste validade, já que, segundo a sua ótica, das suas premissas não decorrem juridicamente as conclusões, mormente aquela que extinguiu o processo, com resolução do mérito, com fulcro no artigo 269 do CPC. 
Argumenta que, ao determinar a extinção do feito, a Magistrada zonal o fez sem respaldo processual para tanto, excedendo-se nos limites de competência, uma vez que a resolução do mérito não opera a extinção do processo, que continua a existir, seja pelos atos executórios, seja pelos de natureza recursal.
Alegam que a AIME fora ajuizada sob o fundamento de que o Sr. Samuel Félix Nilo, candidato a vice-prefeito, teria cometido, no dia 07/10/2012, boca de urna e captação ilícita de votos, em favor de sua candidatura e do seu companheiro de chapa, o Sr. Wanderlei dos Santos Santana, bem como de um candidato a vereador de prenome Tiago, tendo apontado, como único meio de prova, a testemunhal.
Ponderam, assim, que as evidências adunadas aos autos não teriam a robustez necessária para amparar a condenação requerida, dada a fragilidade da prova oral colhida.
Defendendo a presença dos requisitos legais, pugnam pelo deferimento da medida liminar, com a concessão da ordem acautelatória, para atribuir efeito suspensivo à irresignação interposta, a fim de que sejam os requerentes restabelecidos nos seus mandatos eletivos que foram outorgados por decisão soberana do povo de Antas. No mérito, instam seja a ação julgada totalmente procedente.
Eis, em síntese, o relatório. Decido.
Em sede de cognição sumária e em juízo adstrito à analise do preenchimento dos pressupostos para a concessão da liminar vindicada, pode-se vislumbrar o fumus boni iuris e o periculum in mora.
De início, imperioso assinalar que a relevância dos interesses jurídicos em testilha demanda que as decisões condenatórias sejam pautadas em provas inconcussas das ilicitudes assacadas. No caso sob apreço, dada a complexidade da matéria posta, e a sua natureza controversa, não é possível afirmar, sem que antes se proceda a uma cognição exauriente, que as ilicitudes aduzidas restaram caracterizadas.
A fumaça do direito reside, assim, na linha do entendimento assentado por esse Regional, alinhado à jurisprudência pacífica do Tribunal Superior Eleitoral na necessidade de se garantir, àquele que foi sagrado eleito pelo povo, a garantia ao duplo grau de jurisdição, como medida de prudência, direcionada a obstar, tanto quanto possível, a indesejável alternância de poder e a consequente descontinuidade administrativa.
Sobreleva notar, ainda, que a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo revela interesse, inegavelmente, público, já que o bem tutelado é a lisura e o equilíbrio do pleito, a legitimidade da representação política, com vistas à garantia da prevalência da vontade do eleitor, mediante o sufrágio soberano.
Noutro vértice, o perigo da demora restou evidenciado na medida que consta dos autos certidão do Cartório Eleitoral da 82ª Zona dando conta de que o Presidente da Câmara Municipal já foi cientificado da sentença combatida (fl. 76).
Nessa direção, convenço-me de que se encontram demonstrados os requisitos autorizadores da concessão da medida de urgência, em razão do que concedo a liminar pleiteada, para emprestar efeito suspensivo ao recurso interposto, e suspender os efeitos da sentença invectivada, até o julgamento da inconformidade, por este Regional.
Publique-se. Comunique-se com urgência.
Após, citem-se os autores da mencionada AIME, ora requeridos, para, querendo, apresentarem resposta, no prazo legal.

Salvador/BA, 13 de junho de 2013

Fonte: Carlinosouza.com.br


.

.

Ele Ficará Gravado em nosso Sistema para Segurança de Comentários e Recados!

.

.








Loading Flash movie...

.



Reformulado por:
FM Comunicação


Idealizador: Nildo é Show
arildoleone.com © 2017

tracker Departamento Comercial:
Arildo Leone: (75) 99114-3459
Copyright © 2007 | 2017
Todos os Direitos Reservados